1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (905.899 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sibutramina durante a amamentação

A Sibutramina é um medicamento utilizado no tratamento da obesidade. Sua fórmula foi desenvolvida inicialmente para servir como um antidepressivo, a sibutramina atua especialmente sobre dois neurotransmissores, a serotonina e a noradrenalina.

O leite materno fornece todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento dos recém-nascidos até, pelo menos, os seis meses de vida. Neste período, a mãe deve relevar alguns medicamentos que podem afetar a produção de leite e, ainda, influenciar na alimentação do bebê.

Sibutramina durante a amamentação. Imagem:Divulgação

Sibutramina durante a amamentação. Imagem:Divulgação

O uso da Sibutramina durante o período de amamentação não é recomendado, pois seus ingredientes ativos passam para o leite, e por consequência, para o bebê. Sendo assim, o recém-nascido recebe toda a fórmula proveniente do medicamento, o que não é aconselhável pelos médicos.

Como age a Sibutramina

A Sibutramina age no sistema nervoso central e aumenta a sensação de saciedade. O medicamento é indicado, portanto, para diminuir a vontade de comer, “disfarçando” uma sensação de fartura depois das refeições.

Acesse e saiba mais informações: Descubra o tempo que a sibutramina leva para sair do seu organismo!

Utilização da Sibutramina durante a amamentação

Não é aconselhável utilizar a Sibutramina durante o período de lactação. É interessante que a mãe consulte um médico caso já tenha utilizado a Sibutramina antes de começar a amamentar, ou se utilizou durante a amamentação e não sabia dos efeitos colaterais.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Quais as contraindicações para a utilização da Sibutramina

No caso da Sibutramina, não é indicado o seu tratamento em pacientes que apresentem hipersensibilidade conhecida a esta substância ou a qualquer outro componente da fórmula, além de não ser aconselhável no período de amamentação.

A Sibutramina é o medicamento para emagrecer mais usado no momento

A Sibutramina é o medicamento para emagrecer mais usado no momento

Além disso, o uso da Sibutramina também não é aconselhável a pacientes que são dependentes de bebidas alcoólicas; que tenham antecedentes de anorexia nervosa ou bulimia; que suspeitem de gravidez; que fazem uso de IMAO; que sejam hipertensos; que tenham a obesidade ligada à existência, ou antecedentes pessoais, de doenças cardio e cerebrovasculares e que tenham diabetes mellitus tipo 2, com sobrepeso ou obesidade e ligada a mais um fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Efeitos colaterais da Sibutramina

Os possíveis efeitos colaterais Sibutramina são:

  • aumento de pressão, taquicardia,
  • palpitações,
  • vasodilatação,
  • constipação,
  • xerostomia,
  • dor de cabeça,
  • insônia,
  • parestesia,
  • lombalgia,
  • náusea,
  • dispepsia,
  • sudorese,
  • alteração do paladar,
  • dismenorréia,
  • alterações visuais.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina pode desregular a menstruação?

⇒ DICA:

Consultar um médico, uma vez que a amamentação foi concluída, é outra dica para quem quer utilizar uma medicação adequada.

É bom lembrar que para lidar com a obesidade, tratar com medicamentos para perda de peso pode ser apenas uma das alternativas possíveis. Existem outros métodos que podem ser eficientes para perder peso, como dietas e exercícios físicos.

O site sibutraminabrasil.com.br é um espaço informativo de educação e divulgação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto de diagnósticos ou tratamentos, sem antes consultar um médico ou profissional de saúde habilitado.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)