1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (98.769 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sibutramina dá sono? Veja os reais efeitos colaterais do medicamento!

Os medicamentos para emagrecer são adotados por muitas pessoas que encontram dificuldades para emagrecer. Essas pessoas adotam, em primeiro lugar, dietas e exercícios físicos, mas infelizmente devido ao seu metabolismo encontram dificuldades maiores para conseguir perder peso.

Em circunstâncias assim essas pessoas se veem a mercê dos medicamentos para emagrecer que são conhecidos por diminuir o apetite e acelerar a perda de peso. Existem inúmeras opções no mercado, todas elas com a promessa principal de auxiliar no emagrecimento.

Sibutramina dá sono

Sibutramina dá sono? Imagem:divulgação

Um dos medicamentos mais famosos é a Sibutramina, uma droga que foi fabricada inicialmente para tratar depressão. A seguir nós explicamos o que é a Sibutramina, seus efeitos colaterais e como usá-la.

Sibutramina – O que é

A Sibutramina é um remédio antigo, desenvolvido na década de 80 para tratar os sintomas da depressão. Ela está presente em diversos medicamentos para emagrecer como Vazy e Reductil. Ela é indicada para ser usada como uma ajuda, um auxílio, no tratamento contra a obesidade. Sendo assim, o seu uso não deve ser a sua única maneira de emagrecer e deve ser feito apenas com acompanhamento médico.

Acesse e saiba mais informações: Tomei sibutramina amamentando e agora?

Veja para que serve a Sibutramina

A Sibutramina é recomendada para pacientes com obesidade que possuem dificuldade para emagrecer e, principalmente, para aqueles que sofrem de problemas de saúde que estão ligados com a obesidade. Aqueles pacientes cuja obesidade é um risco para a saúde devem ingerir sibutramina apenas com acompanhamento médico e por um período curto de tempo.

sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

A Sibutramina é conhecida por diminuir o apetite e aumentar a saciedade, o que gera perda de peso e melhora índices como o colesterol, diabetes, pressão alta, entre outros.

Sibutramina realmente emagrece?

Diversas pessoas já usaram Sibutramina e confirmam que o medicamento ajuda a emagrecer. No entanto, é preciso relatar também que pode ocorrer o efeito sanfona, ou seja, após cessar o uso do medicamento, você pode ganhar todos os quilos perdidos.

sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

Ela te ajuda a perder peso, mas como a sua ingestão deve ser temporária, você deve adquirir uma dieta balanceada e ter uma pratica de atividades físicas bem intensa.

Mesmo com o benefício de ajudar no emagrecimento, todos os efeitos colaterais e as contraindicações devem ser levadas em conta antes de se iniciar o uso do medicamento. Lembre-se que você só deve usar Sibutramina com o acompanhamento médico.

Como tomar Sibutramina

A posologia de Sibutramina é simples: deve-se ser ingerido apenas um comprimido de 10 mg por dia, na parte da manhã. Em alguns casos o comprimido pode ser substituído por um de 15 mg, mas sempre de acordo com as recomendações médicas. Em caso de esquecer o medicamento em um dia, não é recomendado dobrar a dose no dia seguinte, pois doses superiores a 15 mg podem trazer riscos e efeitos colaterais nada agradáveis.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina termo de uso, o que é?

Sibutramina Efeitos Colaterais

A Sibutramina possui alguns efeitos colaterais que podem surgir no início de seu uso. Os efeitos também aparecem porque a sibutramina age diretamente no sistema nervoso central, o que pode gerar transtornos psíquicos ou agravar uma doença que já existe.

sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

O uso de Sibutramina também pode trazer efeitos como insônia, alterações no humor, tontura, dores musculares, palpitações, dores de cabeça, entre outros. Sibutramina na maioria dos casos não dá sono, mas sim deixa o paciente totalmente sem vontade de dormir.

Contraindicações da Sibutramina

A Sibutramina, por conter todos esses riscos, não deve ser usada por gestantes, lactantes, hipertensos e pacientes com histórico de doenças cardiovasculares na família. Além disso, pessoas que usem medicamentos antidepressivos também não devem ingerir.

sibutramina

Sibutramina. Imagem:Divulgação

É essencial ressaltar o fato de que a Sibutramina é proibida em diversos países devido a sua ligação com doenças cardíacas. Isso acontece porque a Sibutramina pode causar alterações na pressão e aumentar os batimentos cardíacos, o que gera aumento no risco de infarto e outras doenças do tipo. No entanto, os efeitos podem variar muito de uma pessoa para outra.

Por isso que o mais indicado sempre é conversar com o especialista e verificar com ele qual é a melhor opção para o seu caso. O médico poderá lhe orientar, tirar todas as suas dúvidas e lhe acompanhar no caso de alguma complicação através do uso de Sibutramina.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)