1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (16.868 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sibutramina causa dor no estômago?

Sibutramina é uma substância utilizada no tratamento da obesidade tipo 1, 2 e 3. Devido aos seus efeitos colaterais e por atuar no sistema nervoso, o seu uso foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com um controle rígido das vendas e com medidas de segurança. Por isso, ela só pode ser receitada por um médico e a validade das receitas é de somente 30 dias.

Como funciona a Sibutramina

A substância atua no sistema nervoso, principalmente, nos neurotransmissores, como a serotonina e noradrenalina para controlar a vontade de comer e dar a sensação de saciedade nos pacientes.

 Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

A sibutramina é indicada somente para pessoas acima do peso, com Índice de Massa Corpórea (IMC) acima de 30 nos graus 1, 2 e 3. A substância é vendida por vários laboratórios e também está disponível ao público na versão genérica.

Geralmente, a dose inicial recomendada é de 10 miligramas por dia, podendo atingir até 15 diariamente, seguindo a receita do médico. A dose deve ser diminuída para 5 miligramas caso ocorra aumento da pressão sanguínea.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina efeitos colaterais

A Sibutramina causa dor no estômago?

Os medicamentos com esse composto podem causar alguns efeitos colaterais como dor de estômago, gastrite, refluxo, aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, ondas de calor, dores de cabeça, ansiedade, convulsões, delírios, depressão, ressecamento da boca, insônia, alterações intestinais entre elas a prisão de ventre e diarreia.

 Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

Além disso, ainda pode causar náuseas, vômito, excesso de suor, retenção da urina, alterações no paladar, visão turva, urticária, erupções na pele, mudanças no ciclo da menstruação nas mulheres e ejaculação precoce ou impotência nos homens.

Devido a esses efeitos colaterais, todo o tratamento com a substância deve ser acompanhado por um médico e qualquer efeito diferente deve ser comunicado ao médico e este deve comunicar à Anvisa.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina efeitos colaterais – Remédio para emagrecer

Contra indicação do uso da Sibutramina

Pessoas com doenças no coração, que sofrem com a hipertensão e utilizam remédios para controlar a pressão arterial não devem ingerir a Sibutramina. É indicado que nesses casos, os pacientes façam uma dieta balanceada e atividades físicas regulares para manter o peso. Contudo, é o médico do paciente que faz a avaliação do caso antes de decidir usar ou não a droga.

 Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

Pessoas que pararam o tratamento no meio e retornaram depois podem não sentir os mesmos efeitos desejados. Antes de usar medicamentos com essa substância, consulte o seu médica e faça os exames necessários.

Onde encontrar a Sibutramina

A Sibutramina é encontrada em remédios emagrecedores que atuam no sistema nervoso. Os medicamentos com essa substância são encontrados em forma de cápsulas em farmácias comuns e com nomes comerciais, entre eles Reductil ou Plenty.

 Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

O nome genérico da substância é Cloridrato de Sibutramina e após 15 dias do uso correto do medicamento, os efeitos devem aparecer. O início do tratamento pede também uma mudança alimentar e inclusão de exercícios físicos no dia a dia. Só isso garantirá que os quilos perdidos não retornem com o fim do uso do remédio, já que há um limite de tempo para a sua utilização.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina e o Álcool

Quem pode utilizar a Sibutramina

Além das pessoas com problemas cardíacos, também mulheres grávidas e lactantes não devem utilizar remédios com a substância Sibutramina. Já que o elemento pode afetar o bebê em gestação e também durante a amamentação. Mulheres que se encontram nesses estágios devem procurar ajuda médica, antes da ingestão de qualquer medicamento.

Todos remédios voltados para o emagrecimento devem ser utilizados após uma consulta médica, para a avaliação das condições físicas do paciente. Não faça a ingestão de medicamentos emagrecedores sem a prescrição do seu médico ou de um nutricionista.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)