1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8.179 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Remédio Sibutramina

Remédio Sibutramina

Ter um belo corpo magro e com curvas perfeitas é o sonho de muitas mulheres brasileiras que fazem de tudo para manter os padrões estéticos ditados pela sociedade atual. Além de suar a camisa na academia ou praticar algum exercício físico com freqüência, há quem recorra a medicamentos que ajudam no emagrecimento, o mais famoso deles é normalmente conhecida como sibutramina.

Substância aplicada no tratamento de obesidade, a sibutramina é comercializada apenas com receita médica. A origem da substância foi pensada para ser usada como antidepressivo, já que ela tem poder de ação no sistema nervoso central, gerando na pessoa a sensação de saciedade e menos vontade de comer.

Imagem:Divulgação

Quem pode fazer uso da sibutramina?

Os endocrinologistas recomendam o uso da substância apenas por pessoas que possuam grau de obesidade em nível1 (com Índice de Massa Corpórea – IMC – entre 30 e 34,9), grau 2 (Índice de Massa Corpórea entre 35 e 39,9) e grau 3 (IMC maior que 40).

Efeitos colaterais da sibutramina

Casos de efeitos colaterais não estão descartados para o uso do remédio, alguns efeitos colaterais para o uso do remédio sibutramina são: aumento da pressão arterial, elevação dos batimentos cardíacos, dores de cabeça, boca seca, insônia e prisão de ventre. Por isso, quem sofre de alguma doença do coração não pode tomar o remédio sibutramina. Nesses casos, o aconselhável é partir para uma dieta equilibrada e atividades físicas para perder peso.

Há pessoas que possuem pressão alta e têm dúvidas quanto ao uso de sibutramina para emagrecer. Nesses casos, os médicos recomendam que o remédio para emagrecer só pode ser tomado quando a pressão alta estiver controlada.

Quando o paciente já fez uso de sibutramina como emagrecedor, mas parou o tratamento por algum motivo, é possível que ele volte a tomar a substância. Porém, segundo especialistas, a retomada do tratamento pode trazer efeitos menores da segunda vez. O ideal é observar qual o comportamento do organismo e, em caso de não surtir o efeito esperado, suspender o uso de sibutramina para emagrecer.

remedios_infografico_sibutramina

Mitos do uso de sibutramina

Um mito muito comum em relação ao uso de sibutramina para emagrecer é que quando o tratamento é interrompido o paciente volta a engordar e fica com o dobro do peso que tinha antes. No entanto, isso não é verdade. Os tratamentos para emagrecer podem gerar um aumento de peso quando há interrupção, em muitos casos isso acontece com tratamento de fórmulas com hormônios de tireóide.

 

Recomendados para você:

Comente (será moderado)