1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (34.333 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Descubra o tempo que a sibutramina leva para sair do seu organismo!

A busca pelo corpo perfeito, muitas vezes inspirado em pessoas famosas, faz com que muitas pessoas procurem um caminho “mais curto” e “menos doloroso” para atingir seus objetivos estéticos.

O que muitos não sabem é que uma escolha mal feita, um caminho em busca de emagrecimento sem auxílio médico pode custar caro para o seu bolso e principalmente para sua saúde. Trazemos para você todos os detalhes do caminho da sibutramina em seu organismo.

Sibutramina o que é?

A Sibutramina nada mais é do que um medicamento utilizado para tratar a obesidade, uma vez que ele provoca rapidamente a sensação de saciedade, fazendo com que o cérebro entenda que o corpo já esta saciado com uma pequena quantidade de alimentos.

Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

Este medicamento é usado na forma de cápsulas e pode ser comprado nas farmácias convencionais com o nome comercial de Reductil, Biomag, Nolipo, Plenty ou Sibus, por exemplo, após apresentação de receita médica. A Sibutramina também pode ser comprada na forma de genérico, com o nome de Cloridrato de Sibutramina.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina pode desregular a menstruação?

Sibutramina efeitos colaterais

Abaixo segue a listagem de efeitos colaterais da Sibutramina causados por este medicamento:

− Sistema Hematológico e Linfático: trombocitopenia.
− Sistema Imunológico: foram relatadas reações de hipersensibilidade alérgica variando desde leves erupções cutâneas e urticária até angioedema e anafilaxia.
− Transtornos Psiquiátricos: raramente foram relatados casos de depressão, psicose, mania, ideias suicidas e suicídio em pacientes tratados com Sibutramina. Entretanto, a relação causal não foi estabelecida entre a ocorrência destas reações e o uso de Sibutramina. Se algum destes eventos ocorrer durante o tratamento com Sibutramina, deverá ser considerada a descontinuação do medicamento.
− Sistema Nervoso: convulsões, alteração transitória de memória recente.
− Distúrbios Oculares: turvação visual.
− Distúrbios Cardíacos: fibrilação atrial.
− Sistema Gastrintestinal: diarreia e vômitos.
− Pele e Tecido Subcutâneo: alopecia, erupções cutâneas, urticária.
− Rins/Alterações Urinárias: retenção urinária e nefrite intersticial aguda.
− Sistema Reprodutor: ejaculação anormal (orgasmo), impotência, distúrbios do ciclo menstrual, metrorragia.
− Alterações Laboratoriais: aumentos reversíveis das enzimas hepáticas.

Acesse e saiba mais informações: Sibutramina e o Álcool

Sibutramina tarja preta

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e conforme publicado no Diário Oficial da União, houve uma resolução que determina que os remédios que contenham a Sibutramina sejam vendidos apenas com a apresentação de receita azul, de controle especial.

Sibutramina tarja preta

Sibutramina tarja preta. Imagem:divulgação

Dessa forma, o medicamento, muito utilizado no combate à obesidade, passou da classe C1 (controle especial comum) para a classe B2, sendo classificado como psicotrópico anorexígeno. A tarja do medicamento também mudou de vermelha para preta.

Sibutramina Suspensa na Europa

A European Medicines Agency (EMA) publicou um comunicado recomendando a suspensão da licença de comercialização do medicamento Sibutramina, baseada na análise do seu Committee for Medicinal Products for Human Use (CHMP), que concluiu que os benefícios da sibutramina são menores do que os riscos de seus efeitos colaterais (problemas cardiovasculares graves).

Sibutramina

Sibutramina. Imagem:divulgação

A decisão foi baseada no estudo SCOUT (Sibutramine Cardiovascular Outcome Trial), cujo objetivo era, exatamente, avaliar possíveis benefícios da Sibutramina no auxílio à perda de peso, em pacientes portadores de doenças cardiovasculares prévias, para quem a própria bula do produto contraindicava prescrição.

Acesse e saiba mais informações: Medicamentos para emagrecer liberados pela ANVISA

Período em que a sibutramina leva para sair do seu organismo

Segundo a bula desta medicação, a Sibutramina após 1h de ter sido ingerida já começa o seu funcionamento, e seu período de ativação no seu metabolismo gira em torno de 14h, 16h variando de organismo para organismo.

Portanto o tempo em que seu corpo estará livre desta medicação fica na média de 24h sem o uso deste medicamento, lembrando que esse período poderá sofrer variação de acordo com o tempo em que você já vem usando a sibutramina com frequência.

O site sibutraminabrasil.com.br é um espaço informativo de educação e divulgação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto de diagnósticos ou tratamentos, sem antes consultar um médico ou profissional de saúde habilitado.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)