Sibutramina Bula – Inibidor de apetite e emagrecimento.

Sibutramina

Hoje em dia o que muitas pessoas querem é ter o corpo perfeito e isso por diversos motivos, é claro que o que mais conta é, além da aparência, a saúde, já que não adianta ter um corpo maravilhosos do jeito que sempre sonhou mas a saúde está ruim, e isso acontece por vários motivos, um deles é o uso de medicamentos que muitas vezes não conseguem proporcionar às pessoas o resultado esperado, um remédio vem chamando bastante a atenção, principalmente entre os praticantes de musculação e o remédio é conhecido como Sibutramina.

Se você faz academia com certeza já ouviu falar desse novo, ele basicamente vai inibir o apetite de quem o toma e é utilizado por pessoas com obesidade mórbida, aquelas que não conseguem emagrecer mesmo com uma boa alimentação e com uma rotina de exercícios, por isso vamos falar um pouco mais sobre esse remédio que vem chamando bastante a atenção, principalmente na vida de quem deseja ter o corpo maravilhoso.

SIBUTRAMINA-BULA-GUIA

Sibutramina – O que é?

Ao contrário do que muitos pensam, ele não surgiu como um remédio emagrecedor de imediato, muito pelo contrário, a primeira destinação da Sibutramina foi como antidepressivo, bem diferente do que é usado hoje em dia não é mesmo? A sibutramina vai agir no hipotálamo cerebral e é essa parte de nome estranha que é uma das responsáveis por controlar a fome das pessoas, pra entender um pouco melhor porque o destino desse remédio mudou é simples

É que a sibutramina vai agir como um mecanismo de ação  que bloqueia a receptação da serotonina, mas depois de um tempo foi possível perceber que ele age muito melhor atuando na diminuição do apetite, isso porque ele passa uma  sensação de saciedade menos que a pessoa tenha consumido pouco alimento.

Ou seja, o destino da sibutramina mudou depois que os médicos descobriram que essa função dele é muito melhor do que a função que ele havia sido destinado a principio e ai ele começou a ser um medicamento usado apenas para quem precisa emagrecer e não consegue, o único problema é que nem todos os seus efeitos colaterais foram investigados de forma precisa e ai muitas pessoas acabam ficando um certo receio na hora de tomar essa medicação, é por isso que vamos falar um pouco mais sobre a sibutramina, explicar como ela age no organismo e muito mais, se você está em dúvidas sobre esse medicamento esse artigo é ideal para você.

Sibutramina – Como ele age no organismo?

Como já foi falado ali em cima, o sibutramina a principio era usado como antidepressivo, porém depois de um tempo começaram a perceber que um dos efeitos colaterais do medicamento era esse de emagrecer e ai ele passou a ser usado apenas com esse objetivo, a sibutramina não vai apenas inibir o apetite da pessoa como é o caso de muitos remédios que foram proibidos, a sibutramina vai apenas estimular a saciedade, ou seja, ao pessoa que está tomando a medicação vai ficar saciável com uma quantia menor de comida e é isso que diferencia a sibutramina de outros remédios emagrecedores que inclusive foram proibidos e isso só foi possível concluir depois de uma grande pesquisa feito pelo endocrinologista Walmir Coutinho que acompanhou cerca de 10 mil pacientes durantes 3 anos e 5 meses mais ou menos.

Sibutramina substância usada para tratamento de pessoas obesas. imagem:Divulgação

Sibutramina substância usada para tratamento de pessoas obesas. imagem:Divulgação

A sibutramina vai agir sobre dois neurotransmissores, são eles a serotonina e a noradrenalina, esses neurotransmissores funcionam entre os neurônios, eles vão levando informações um para o outro e é nesse processo, de troca de informações, que eles acabam gerando a saciedade que faz com que o paciente acabe comendo menos e ficando bem mais satisfeito, normalmente isso acontece sempre, porém, em um curto período de tempo e ai eles retornam para dentro das células e isso recebe o nome de “receptação”, a sibutramina vai retardar essa receptação, de maneira geral ela vai fazer com que a serotonina e a noradrenalina fiquem mais tempo fazendo a ligação, deixando o paciente mais tempo saciado.

Sibutramina – Quais são os efeitos colaterais?

Como a maioria dos remédios a sibutramina também causa alguns efeitos colaterais, alguns deles e mais comuns também são: insônia, tontura, náuseas, dor de cabeça, muito apetite, dores musculares, dores nas articulações, cólicas menstruais mais fortes do que as normais, boca seca, prisão de ventre e até mesmo modificações no apetite sexual do paciente, entre outros efeitos colaterais, alguns efeitos colaterais como alterações no humor, arritmia cardíaca, visão um pouco turva, edema, dor no peito e problemas ao urinar devem ser levados ao médico assim que se iniciarem.

Em alguns países o uso desse medicamento é proibido ou restringido para determinado tipo de pessoa, isso por que os efeitos colaterais ainda são um pouco desconhecidos, por exemplo, na Europa, no Canadá e na Austrália o medicamento foi completamente proibido, ou seja, não pode ser usado para nenhum fim, já nos Estados Unidos a sibutramina pode ser usada por determinados pacientes como os que possuem obesidade mórbida, e mesmo esses pacientes são alertados sobre os efeitos colaterais causados pela sibutramina, ou seja, quem usa sabe que pode ter algum dos efeitos causados pela medicação.

Sibutramina – Termo de responsabilidade para tomar

No Brasil a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ainda não proibiu o uso desse medicamento, existe a probabilidade que isso chegue a acontecer algum dia porém, de acordo com alguns médicos, eles acreditam que se por um acaso o medicamento fosse proibido isso seria um grande passo para a venda ilegal do medicamento, por isso ele ainda não teve seu uso proibido ou restringido, porém, as restrições do uso devem ser completamente relatadas aos consumidores que desejam ter um uso continuo da sibutramina e aos médicos também.

Foto:Divulgação / Jornal o imparcial

Foto:Divulgação / Jornal o imparcial

Dessa forma, para que o paciente possa comprar o medicamento é necessário que ele assine um termo de responsabilidade, além, é claro, de ter em mãos a receita médica dizendo que o paciente pode ter o uso do medicamento, embora seja bastante restrita a venda desse medicamento ainda existe a venda ilegal da sibutramina, ou seja, são pessoas que compram o medicamento, mas não assinam o termo de responsabilidade, normalmente são pessoas que o utilizam apenas pelo lado estético e acabam assim prejudicando a saúde do organismo.

Para se ter uma ideia maior de quanto esse medicamento deve ser levado a sério e que as pessoas devem vender legalmente que os pacientes devem utilizar também apenas com a receita médica e o termo de responsabilidade é só ter uma noção da multa que é aplicada as farmácias que vendem o medicamento sem o termo e sem a prescrição médica, a multa varia de R$2 mil até R$1,5 milhão, ou seja, é muito dinheiro e por isso vender ou comprar esse medicamento ilegalmente além de fazer mal a saúde ainda é prejudicial ao bolso já que a multa pode sair bem cara.

Sibutramina – Contraindicações

As contraindicações para usar o medicamento sibutramina para tratar obesidade são bem simples, são elas: gravidez, mulheres lactantes (em período de amamentação), pacientes que usam antidepressivos, pacientes com hipertensão arterial, pacientes com hipertensão pulmonar, pacientes com doenças relacionadas ao coração e pacientes com bulimia, anorexia, depressão e muitas outras doenças que acabam se agravando com o uso do medicamento sibutramina.

Sibutramina – Como fazer que o medicamento seja 100% eficaz

O paciente que tomar a sibutramina para emagrecer teve ter em mente que para que ele seja 100% eficaz não basta apenas fazer o uso continuo da sibutramina, isso porque é importante que o paciente tenha uma boa alimentação, ou seja, uma dieta restritiva e também tenha uma rotina de exercícios físicos, lembrando que os exercícios físicos devem ser supervisionados por um médico e por um profissional da área de esportes também.

A Sibutramina é o medicamento para emagrecer mais usado no momento. imagem:Divulgação

A Sibutramina é o medicamento para emagrecer mais usado no momento. imagem:Divulgação

Isso acontece porque se o paciente não tiver toda uma reeducação alimentar durante o tratamento contra a obesidade com o medicamento sibutramina é possível que o paciente ganhe todo o peso novamente após o término do tratamento, então é necessário, além de tomar a sibutramina, ter toda uma reeducação alimentar para que o efeito seja melhor e muito mais duradouro.

Lembrando que durante o tratamento com a sibutramina o paciente deve evitar consumir qualquer tipo de bebida alcoólica já que é um remédio de ação neurológica.

Se mesmo com o uso correto do medicamento, com a reeducação alimentar e com uma rotina de exercícios o efeito esperado não acontecer em até quatro semanas (1 mês) o uso do medicamento sibutramina deve ser completamente suspenso, além disso é importante lembrar que o médico deve ser avisado quando ocorra qualquer tipo de efeito colateral, isso porque apenas o médico vai saber se o medicamento deve ser suspenso ou se o tratamento pode ser modificado para outra dose do medicamento.

Sibutramina – Qual o preço do medicamento?

O preço do medicamento pode variar muito de acordo com cada laboratório ou também com a concentração do remédio, é possível encontrar de R$10,31 até mesmo no valor de R$50,00, então é importante pesquisar entre as farmácias e comprar em uma de sua confiança, isso é muito importante.

Além disso, vale lembrar que a venda desse medicamento através de telefone ou via internet é proibida, então é preciso ter a receita em mãos e também o termo de responsabilidade assinado, só assim é possível adquirir esse medicamento, caso contrário estará sendo feito ilegalmente e pode ser muito prejudicial tanto para sua saúde como para seu bolso também, já que como já foi falado anteriormente a multa é bastante cara.

Sibutramina – Posologia

A dose inicial recomendada é de 1 cápsula de 10 mg por dia, pela manhã, com ou sem alimentação.
Se o paciente não perder pelo menos 2 kg nas primeiras 4 semanas de tratamento, o médico deve considerar a reavaliação do tratamento, que pode incluir um aumento da dose para 15 mg ou a descontinuação da Sibutramina. No caso de titulação da dose, deve-se levar em consideração os índices de variação da frequência cardíaca e da pressão arterial.
Doses acima de 15 mg ao dia não são recomendadas.
O uso da Sibutramina demonstrou ser seguro e efetivo por até 24 meses em estudos duplo-cego placebo controlados.
No caso de esquecimento de uma dose, a cápsula deve ser ingerida em outro horário do mesmo dia, sem prejuízo do tratamento.

CONDUTA EM CASO DE SUPERDOSAGEM

A experiência de superdosagem com cloridrato de Sibutramina monoidratado é limitada.
Os efeitos adversos comumente associados à superdosagem são taquicardia, hipertensão, cefaleia e tontura.
O tratamento deve consistir no emprego de medidas gerais para o manuseio da superdosagem: monitorização respiratória, caso haja necessidade; monitorização cardíaca e dos sinais vitais, além das medidas gerais de suporte.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO E USO 

Conservar este medicamento dentro da embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C) e protegido de umidade. Se armazenado nas condições recomendadas, o medicamento se manterá próprio para consumo pelo prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação impressa na embalagem externa.

Sibutramina o melhor remédio para emagrecer. Imagem:Divulgação

Sibutramina o melhor remédio para emagrecer. Imagem:Divulgação

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. 

Todas as informações sobre efeitos colaterais, contraindicação, posologia , superdosagem, cuidados e conservação e outras informações são encontradas na Bula do medicamento, aqui o nosso objetivo é meramente informativo, ou seja, é preciso ter a recomendação e indicação de um médico para começar o uso desse medicamento.

Sibutramina – Considerações finais sobre o uso do medicamento

Agora você já conhece um pouco mais a respeito desse medicamento que vem chamando bastante atenção não só no Brasil como em muitos outros países, por isso se você deseja emagrecer lembre-se de sempre consultar um especialista no assunto para que ele te ajude a fazer toda uma reeducação alimentar, te ajude na rotina de exercícios físicos e também dê uma dosagem de sibutramina que seja essencial para que você consiga perder peso com saúde.

É importante lembrar que não é recomendado utilizar nenhum tipo de remédio apenas por estética, é preciso visar na sua saúde em primeiro lugar, então procure sempre a recomendação de um médico antes de começar a utilizar qualquer tipo de remédio, seja para emagrecer ou para qualquer outro objetivo.

Sibutramina Bula – Inibidor de apetite e emagrecimento.